COMO COMPRAR IMOVEL EXTERIOR, COMPRAR IMOVEL EXTERIOR, E-BOOK, HC CORPORATE, IMÓVEL EM PORTUGAL, IMOBILIARIO PORTUGAL, IMOBILIÁRIO, INVESTIMENTO, INVESTIMENTO IMOBILIARIO, MERCADO IMOBILIARIO, NOTÍCIAS, NOTÍCIAS PORTUGAL, ONDE INVESTIR

E-Book: Investimento Imobiliário em Portugal

Em nossos últimos posts, estamos dedicando o conteúdo para auxiliar nossos clientes que já decidiram investir em Portugal, seja para renda passiva (aluguel), moradia e turismo, reforma e venda, obtenção de vistos de autorização de residência, golden visa e estão em diferentes partes destes processos.

Assim, a equipe da divisão de Consultoria Imobiliária (Real Estate) da HC desenvolveu o E-Book: Investimento Imobiliário em Portugal, para explicar as diferentes vantagens do mercado imobiliário português.

E Book: Investimento Imobiliário em Portugal

E Book: Investimento Imobiliário em Portugal

Cadastre-se Agora para Baixar o Seu E-Book.

Preencha o formulário abaixo para baixar seu e-book.

Caso deseje, entre em contato aqui.

 

Para saber mais sobre Portugal leia também:

 

Solicite Seu E-Book

Visando facilitar o processo de compras de imóveis no exterior, nossa equipe desenvolveu mais e-books:

 

Sobre a HC Corporate

A divisão Imobiliária (Real Estate) da HC é especializada em promover para investidores e clientes no Brasil oportunidades de investimentos imobiliários oferecidos por nossos parceiros no exterior.

Podemos ajudá-lo para fazer essa operação com toda a segurança e uma boa rentabilidade!

Para receber a nosso portfólio completo de projetos Imobiliários entre em contato através do e-mail: corporate@huitantecinq.com ou por telefone aqui.

Ou caso prefira receber nossas notificações por e-mail, clique aqui selecionando a área de interesse Imobiliário (Real Estate).

Anúncios
Padrão
GUIA DE IMÓVEIS, IMOBILIÁRIO

Apartamentos em Dubai atraem Taxas de Retorno de Dois Dígitos Anuais

A Chestertons MENA, braço da Chestertons International de Londres, divulgou seu relatório sobre o mercado residencial mais recente sobre Dubai, que registrou pouco ou nenhum movimento nas vendas ou aluguéis, resultando em um desempenho relativamente estável para Dubai ao longo do segundo trimestre de 2016.

No entanto, observou que os proprietários continuaram a se beneficiar de rendimentos sólidos provenientes dos aluguéis, especialmente aqueles de apartamentos localizados em empreendimentos mais acessíveis como o Discovery Gardens (10,2 por cento), City International (9,4 por cento) e Dubai Silicon Oasis (7,9 por cento), enquanto em todo o mercado de Dubai os apartamentos retornam em média 7,5 por cento de rendimento bruto em toda a linha.

Em termos de rendimentos das “Villas”, a média em toda a Dubai foi de 4,8 por cento, mas também aqui se destacam as badaladas vilas  The Springs (6,4 por cento), Jumeirah Village Triangle (5,9 por cento) seguidas de perto pela Victory Heights (5,8 por cento).

The_Springs_large_tcm130-49006_tcm130-49006

Foto aérea do The Springs  

“No geral, apartamentos tendem a proporcionar um rendimento médio superior ao de  moradias, em especial aqueles nos empreendimentos mais acessíveis. Esta é uma boa dica para os futuros empreendedores de quaisquer projetos em Dubai, para que procurem se encaixar nesta categoria, uma vez que irá certamente atrair mais investidores, que sem dúvida estarão olhando para inquilinos com rendimentos mais modestos “, disse Declan McNaughton diretor no EAU da Chestertons MENA.

“Com um rendimento médio de 8,5 por cento, os estúdios superaram os apartamentos maiores em quase dois por cento, enquanto mais do que dobraram o rendimento gerado por uma casa de cinco quartos durante o mesmo período”, explicou McNaughton.

O desempenho resiliente nos rendimentos dos apartamentos foi o dado mais impressionante em todas as taxas de alugueis durante o segundo trimestre que caíram em média 0,95 por cento, enquanto os preços de venda subiram 0,7 por cento em média em apertadas margens.

As taxas de aluguel no empreendimento Remraam diminuíram três por cento durante o segundo trimestre – um apartamento de um quarto é hoje alugado por Dh58.000 por ano. Na extremidade superior do mercado, uma unidade de um quarto no DIFC (Dubai International Financial Centre) é alugada por uma média de Dh115.000 ao ano, enquanto uma propriedade semelhante no Dubai Marina é alugada por Dh80.000 ao ano.

dmn

Vista aérea de Dubai Marina

No lado das vendas, no mercado de apartamentos, um apartamento de um quarto no The Greens hoje custa Dh1.350 por pé quadrado (Dh14.531 por m2), enquanto um apartamento semelhante no DIFC e Downtown Dubai custa Dh1,960 e Dh2,218 por pé quadrado respectivamente (Dh 21.097 e Dh 23.874 por m2).

Jumeriah Golf Estates

Vista aérea de Jumeirah Golf Estates 

O mesmo aconteceu com o mercado de alugueis das “Villas”. As taxas de aluguel no Jumeirah Islands e Jumeirah Golf Estates cairam em média cinco por cento no segundo trimestre em comparação com o trimestre anterior. Uma casa de três quartos em Al Furjan é alugada atualmente por Dh175.000 por ano, em comparação com Dh203.000 por ano cobrado no Arabian Ranches e Dh360.000 ao ano cobrado no Palm Jumeirah.

Vista aérea de Palm Jumeirah 

Quanto aos preços de venda das “Villas” ficaram relativamente estáveis no segundo trimestre. Uma casa de três quartos no The Lakes é vendida por Dh1.350 por pé quadrado, enquanto uma propriedade semelhante no Jumeirah Golf Estates é vendida por Dh1.515 por pé quadrado.

Em geral, as operações no segundo trimestre caíram apenas seis por cento para Dh26 bilhões, em comparação com o trimestre anterior, no entanto, as transações de vendas subiram 17,5 por cento. Depois de um início sólido no ano, quando as aprovações de hipotecas aumentaram mais de 50 por cento, o segundo trimestre, em comparação, testemunhou um percentual de queda de 20 por cento.

Fonte: KhaleejTimes.

Padrão